Cicatrizes: como amenizar a aparência das marcas na pele

Muitas pessoas que têm cicatrizes na pele costumam se incomodar com o visual delas. Isso porque, geralmente, as marcas têm relevo e textura diferente da área em volta.

O que causa a formação de cicatrizes na pele?

A cicatriz faz parte do processo natural de reparação da pele, que acontece toda vez que há ruptura do tecido dérmico, que pode ser ocasionada por acidentes, doenças ou cirurgias. Assim, quanto maior o dano, maior será a chance de uma cicatriz ficar evidente. O processo gera um tecido mais resistente composto por colágeno e elastina. As marcas podem aparecer, inicialmente, vermelhas e espessas, e, com o tempo, ficarem mais suaves e claras. Algumas situações interferem na cicatrização normal como, por exemplo, infecção da ferida, ação mecânica como tração ou movimento excessivo da pele, presença de corpo estranho, tamanho, tipo e localização da ferida.

A região da pele cicatrizada precisa de cuidados especiais?

A área cicatrizada fica mais sensível, já que não tem todos os elementos de defesa, como a pele normal. Por isso, um dos principais cuidados com a região deve ser o uso do protetor solar e, eventualmente, a aplicação de hidratantes, porque a pele cicatrizada costuma ficar mais seca e irritada, demandando um cuidado voltado para o reparo da pele sensibilizada.

Como amenizar a aparência das cicatrizes e quais são os tratamentos recomendados?

Muitas feridas cicatrizam ativamente em cerca de 3 meses, mas podem demorar mais tempo. O modo que a cicatriz se forma é afetado pela idade, tendência genética e localização do corpo. Peles mais jovens fazem reparos rápidos e tendem formar cicatrizes grandes, espessas e endurecidas.

É possível amenizar o visual das marcas, dependendo do tipo de cicatriz, tempo de evolução e da área na qual se encontra. Muitas técnicas podem ser utilizadas e a maioria delas podem ser realizadas, inclusive, no próprio consultório do dermatologista. Para esses tratamentos, as medicações podem variar, desde o uso de corticoides, bleomicina injetável, laser e cirurgias à crioterapia – processo terapêutico que utiliza aplicação de gelo.

Fontes: Dermaclub e Dermatologia.net.

Leave a Reply

Your email address will not be published.